Fechar
Uma vida construída a partir da ideia de valores é uma vida feliz | Rubens Marchioni

Uma vida construída a partir da ideia de valores é uma vida feliz | Rubens Marchioni

Não por acaso, no dia a dia, é preciso identificar as oportunidades de praticar uma vida feliz e de criar espaço, a fim de que outras pessoas a experimentem em todas as suas dimensões. Sobretudo naquelas que têm a ver com a vivência da dignidade e do atendimento a necessidades e desejos. E qual é o sentimento que melhor expressa o respeito pela dignidade? Segundo o escritor tcheco Franz Kafka, isso é tarefa da solidariedade.

Ora, viver essa vida requer uma boa dose de senso crítico. Porque nem tudo o que a sociedade nos oferece é caminho válido e seguro para uma felicidade autêntica. Existe muita felicidade Made in Paraguay espalhada por aí. E ela tem uma toxidade que não faz bem a ninguém.

Observar, selecionar e sintetizar: eis o processo dialético em ação. Também aqui, ele é forte o bastante para nos conduzir até um resultado feito de equilíbrio, não apenas quando o assunto é a busca por uma vida repleta de sentido, fruto do exercício constante da paz e da justiça.

Esse resultado, que nasce de um processo de filtragem, aponta para ações concretas que devem ser praticadas, a fim de que a felicidade se instale entre nós e aí construa raízes muito fortes. Nesse sentido, a gente precisa de árvores poderosas, que produzam folhas, flores e muitos frutos. Afinal, vivemos tempos muito difíceis. Nossas janelas insistem em esconder a paisagem, que antes revelavam.

Se tomarmos consciência da necessidade de fazer alguma coisa, em favor desse resultado, e identificarmos com clareza o que deve ser feito ou evitado, ampliaremos, enormemente, as chances de produzir algo compatível com nossas necessidades pessoais e comunitárias. Martin Luther King nos oferece um critério muito adequado para o momento de tomarmos essa decisão: “A vaidade pergunta: isso é popular? A consciência pergunta: isso é certo?” De outra forma, a vida feliz não vai além de palavras perdidas e sem eficácia.

Nesse sentido, os construtores que se caracterizam pela competência, que se comprometem de maneira mais clara com a obtenção de resultados confiáveis, abastecem-se com os melhores recursos técnicos, humanos e financeiros para viabilizar a vida feliz.  Na hora de produzir, deixam para trás o que é bom e alcançam o ótimo em termos de qualidade de vida. A construção de uma vida feliz é assim: não é possível obter uma casa resistente e confortável se tudo o que usamos é, ao mesmo tempo, recurso de segunda linha.

Por outro lado, além de um material selecionado com critério, quando se tem em mente a busca da construção de uma vida feliz, cuja matéria-prima é constituída por valores, é essencial agir com maestria, direcionado pela busca do virtuosismo. A atitude, intensa e capaz de construí-la, produz uma existência cheia de sentido, porque privilegia o outro. Ela o coloca no centro de todas as atenções, com espaço para desenvolver o próprio potencial. Isso resume o valor de viver uma vida feliz. Isso resume a felicidade de viver uma vida com valor.


Rubens Marchioni é palestrante, produtor de conteúdo, blogueiro e escritor. Eleito Professor do Ano no curso de pós-graduação em Propaganda da Faap. Pela Contexto é autor de Escrita criativa: da ideia ao texto. https://rumarchioni.wixsite.com/segundaopcao / e-mail: [email protected]