Fechar
Ferramentas com 30 mil anos de idade

Ferramentas com 30 mil anos de idade

Arqueólogos descobrem ferramentas com 30 mil anos de idade em caverna no México. Mais de mil ferramentas foram coletadas, revelando um passado ainda mais extenso sobre a presença humana na América

Membros da equipe que entram na caverna de Chiquihuite, México – Devlin A. Gandy

Uma equipe de arqueólogos encontrou centenas de ferramentas em pedra numa caverna localizada na Caverna Chiquihuite, na região montanhosa do México. Junto aos artefatos encontrados, a equipe afirma que conseguiu localizar 42 sítios arqueológicos que possibilitam a datação de quando o ser humano chegou à América do Norte.

De acordo com o novo estudo, publicado na revista Nature, as ferramentas evidenciam a presença de pessoas há mais de 30 mil anos — 11 mil a mais do que se sabia anteriormente. Os pesquisadores afirmam que 1.930 ferramentas de calcário, todas com características de confecção humana, foram encontradas, incluindo lanças e lâminas finas.

Alguns dos artefatos descobertos na caverna mexicana / Crédito: Ardelean et al. , Doi: 10.1038 / s41586-020-2509-0

A passagem de pessoas é atribuída aos caçadores-coletores nômades, que presenciaram o local durante o Último Máximo Glacial, 26 mil e 19 mil anos atrás. Os vestígios, no entanto, apontam que os humanos não residiram no local, apenas fazendo uma passagem — provavelmente de barco por uma rota costeira do Pacífico — sem deixar descendentes.

Parte dos artefatos localizados pela equipe ainda passam por exames de datação, mas os já encontrados reúnem evidências suficientes para comprovar a ação humana em tal época. A pesquisa também conseguiu relacionar a extinção de diversos mamíferos provenientes do continente durante a Era do Gelo com alguns dos achados, resultando em um estudo paralelo.

Fonte: Aventuras na História