Fechar
Três livros por José Luiz Fiorin

Três livros por José Luiz Fiorin

Recomendações de leituras são sempre bem-vindas. Quando feitas por grandes autores, especialistas renomados em suas áreas, melhor ainda.

Então, nesse momento pelo qual todos nós estamos passando, nossos autores fazem indicações de livros para a sua quarentena.

Confira as dicas enviadas pelo professor José Luiz Fiorin:

Três livros por José Luiz Fiorin

‘Estou lendo um romance notável; M, o filho do século, de Antonio Scurati, que narra a ascensão de Mussolini de agitador político a primeiro-ministro da Itália.  É a história da tomada do poder pelo fascismo contada sob a perspectiva de Mussolini e de seus íntimos. Esse romance tem muito a ensinar aos brasileiros na situação que estamos vivendo.

Para quem aprecia o mistério e a epifania da palavra, sugiro ler (ou reler) Grande sertão: Veredas, de Guimarães Rosa, observando os usos da linguagem.

Para quem deseja um thriller interessante, sugiro um romance policial bem brasileiro: Bom dia, Verônica, de Raphael Montes e Ilana Casoy.’

Fiorin.


José Luiz Fiorin é mestre e doutor em Linguística pela USP. Fez pós-doutorado na École des Hautes Études en Sciences Sociales (Paris) e na Universidade de Bucareste. Fez livre-docência em Teoria e Análise do Texto na USP e atualmente é professor-associado do Departamento de Linguística da FFLCH da mesma universidade. Foi membro do Conselho Deliberativo do CNPq (2000-2004) e representante da Área de Letras e Linguística na Capes (1995-1999). Publicou, pela Contexto, os livros Comunicação e análise do discurso, Enunciação e discurso, Bakhtin: outros conceitos-chave, Ethos discursivo, Princípios teórico-discursivos, Dicionário de Comunicação, Em busca do sentido, Elementos de análise do discurso, Argumentação, Figuras de retórica, Introdução ao Pensamento de Bakhtin, A Astúcias da Enunciação, Introdução à Linguística (volumes I e II), África no Brasil, Linguística? Que é isso?, e Saussure.