Fechar
Romances históricos, selo Marco Polo

Romances históricos, selo Marco Polo

Todos sabem que somos experts em História. Unimos uma área na qual somos fera a um novo universo nas publicações da casa: os romances históricos. Marco Polo, o selo da Editora Contexto, nasce para trazer grandes publicações com qualidade ímpar. A escolha dos lançamentos é feita cuidadosamente com foco em momentos históricos marcantes e que influenciaram, de alguma forma, o mundo contemporâneo. Narrativas fascinantes e envolventes levarão os leitores a uma incrível viagem no tempo.

No momento o selo Marco Polo têm quatro livros, conheça melhor cada um deles:

PORTÕES DE FOGO: UM ROMANCE ÉPICO SOBRE LEÔNIDAS E OS 300 DE ESPARTA

Romances históricos, selo Marco Polo

O rei Xerxes comanda dois milhões de homens do Império Persa para invadir e submeter a Grécia. Em uma ação suicida, uma pequena tropa de 300 temerários espartanos segue para o desfiladeiro das Termópilas para impedir o avanço inimigo. Eles conseguem conter, durante sete dias sangrentos, as tropas invasoras. No fim, com suas armas estraçalhadas, arruinadas na matança, lutam “com mãos vazias e dentes”. Relatados diretamente ao rei pelo único sobrevivente grego, os fatos são apresentados ao leitor de maneira vívida e envolvente. Mais do que somente com a batalha, o leitor entra em contato direto com o modo de vida desses antigos guerreiros, sua rotina, seus valores, sua coragem, seus ideais.
A narrativa empolgante de Steven Pressfield recria, assim, a épica Batalha de Termópilas, unindo, com habilidade, história e ficção.

O FILÓSOFO, A ENFERMEIRA E O TRAPACEIRO: ROMANCE HISTÓRICO SOBRE UM ESTRANHO TRIO QUE SE UNE PARA DESVENDAR CRIMES NO BRASIL IMPÉRIO

Romances históricos, selo Marco Polo

Assassinato, castigo, traição, violência, escravidão e solidariedade: amparado por uma minuciosa investigação da época retratada, Max Velati se lança no gênero policial conduzindo o leitor com mão firme nesta trepidante viagem rumo ao Brasil Império, em que um trio incomum desafia as tradições e desvenda crimes há muito já enterrados.

– Eu tinha 11 anos quando numa tarde quente de outubro decidi ser na vida um canalha.

– A prisão de Pentonville havia me ensinado que é possível aguentar grandes dores e grandes perdas, mas o sofrimento de pequenas dores todos os dias pode subitamente tornar-se insuportável.  (César, o trapaceiro)

– Tomaram essas decisões a meu respeito, mas não me conhecem. Pelas leis onde nasci e onde todos me conhecem, eu sou Isoba, neto do grande Ajani e um homem livre. Mudar o meu nome e me chamar de escravo não muda quem eu sou. Chamar uma zebra de falcão não fará a zebra voar. (Isoba, o filósofo)

– Não posso dizer que a acolhida no Brasil foi calorosa, mas não foi hostil. Passado o choque em relação aos odores, à sujeira e ao barulho, não era um mau destino. (Agnes, a enfermeira)

A AMIGA DE LEONARDO DA VINCI

Romances históricos, selo Marco Polo

A amiga de Leonardo da Vinci é o relato de uma mulher extraordinária, que viveu em uma das épocas mais apaixonantes da História e foi próxima de um dos homens mais fascinantes de todos os tempos. Cecília Gallerani teve a coragem de desprezar um casamento arranjado, tornou-se amante do poderoso Duque de Milão, teve contato com reis, nobres, artistas, religiosos e inventores, presenciou ascensão e queda de reinos. A saga única de uma mulher livre em plena Itália Renascentista.

Dama com arminho, que enfeita a capa deste livro, é uma pintura importante de Leonardo da Vinci que retrata Cecília Gallerani. O quadro é menos conhecido por não estar em um dos grandes museus, mas em Cracóvia, na Polônia. Apesar disso, é considerado por especialistas como sendo do mesmo nível de obras mais famosas de Da Vinci, como a própria Mona Lisa, exposta no Museu do Louvre em Paris. Dama com arminho é a inspiração e o ponto de partida do escritor madrilenho Antonio Cavanillas de Blas, autor deste livro delicioso, que se lê de um só fôlego.

O INQUISIDOR – ROMANCE HISTÓRICO

Em 1318, padre Augustin, um novo inquisidor, chega a Lazet, na França, disposto a rever processos antigos do Santo Ofício. Pouco tempo depois é brutalmente assassinado e seu subalterno, Padre Bernard, é encarregado da investigação. No entanto, ao tentar proteger quatro mulheres, ele próprio se torna suspeito por seus pares. Acusado de assassinato e perseguido como herege, Bernard terá que lutar por sua vida e a de suas protegidas.
As violências praticadas em nome da religião, o intrincado jogo de interesses dos poderosos, o fanatismo, a caça às bruxas e as relações marcadas por luxúria, amor e traição fazem deste romance histórico uma narrativa arrebatadora e – por que não? – terrivelmente atual.