Fechar
Índia é terceiro país do mundo a superar 1 milhão de casos de covid-19

Índia é terceiro país do mundo a superar 1 milhão de casos de covid-19

Marca já foi atingida por Brasil e EUA. Contágios quase quadruplicaram desde junho. Governo indiano impôs um dos mais severos regimes de distanciamento do mundo, mas flexibilizou regras após danos à economia.

Índia é terceiro país do mundo a superar 1 milhão de casos de covid-19
Profissionais da saúde com equipamento de proteção contra a covid-19 em favela de Mumbai

A Índia se tornou nesta sexta-feira (17/07) o terceiro país do mundo a superar um milhão de casos confirmados de covid-19 e o primeiro na Ásia, que pode se transformar no novo foco da pandemia.

Os dados atualizados diariamente pelo Ministério da Saúde do país revelam que nas últimas 24 horas foram registrados 34.956 novos casos em toda a Índia, elevando a cifra total a 1.003.831 infectados. Também foram registradas 687 mortes por coronavírus, elevando o total de óbitos para 25.602.

Com os dados, o gigante asiático continua sendo o terceiro país do mundo mais afetado pela pandemia, depois de Brasil, que superou os 2 milhões nesta quinta-feira, e Estados Unidos, com mais de 3,5 milhões de casos confirmados, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins.

Desde que a Índia flexibilizou as estritas regras de distanciamento social de seus 1,3 bilhão de habitantes, em 8 de junho, os contágios quase quadruplicaram, embora o governo insista em destacar o número de pacientes recuperados e a baixa taxa de mortalidade, de 15,31 óbitos por cada milhão de habitantes, segundo dados oficiais.

A Índia impôs um dos mais severos regimes de distanciamento social do mundo no final de março, mas teve que mudar sua estratégia depois que a medida prejudicou gravemente a economia, fazendo dos mais pobres os mais atingidos.

Em uma série de tuítes, o Ministério da Saúde destacou que, com “658 casos por milhão de habitantes”, a pandemia na Índia tem “entre 4 e 8 vezes menos (incidência) do que nos países europeus” e “entre 8 e 16″ vezes menos do que na Rússia e nos Estados Unidos”.

O órgão também destacou que “a taxa de recuperados, de 52% em meados de junho, subiu para 63% um mês depois, o que está ajudando a contínua diminuição dos casos ativos de covid-19”, uma vez que, do milhão de casos positivos registrados desde o início da pandemia, 635.756 se recuperaram.

Na Índia, o estado mais afetado é o de Maharashtra, no oeste, que abriga a capital financeira do país, Mumbai, com 284.281 casos e 11.194 mortes. Depois, seguem o estado de Tamil Nadu, no sul, com 156.369 casos e 2.236 óbitos, e a capital, Nova Déli, com 118.645 infectados e 3.545 mortes.

Fonte: DW Brasil