Fechar
Conhecer para se comprometer | Rubens Marchioni
conhecer para se compreender

Conhecer para se comprometer | Rubens Marchioni

Escrita CriativaFAZ TEMPO, ouvi a frase “Ninguém ama o que não conhece”. Conhecer, do Latim cognoscere, “saber”, significa penetrar na essência, estabelecer um grau de intimidade que não requer explicação ou justificativa, apenas aceita. “Amar” é a palavra que pode ter gerado expressões relacionadas ao crescimento de uma criança pequena. Coisas como “mãe”, “mamar”, “mama” etc. Em tudo se respira um quê de cuidado, proteção. E amar é se comprometer com o outro, pouco importa as consequências desse ato de entrega. Como se vê, amar e conhecer, conhecer e amar, tudo se complementa, um não existe sem o outro. Nem pode.

A realidade se forma em volta do compromisso. – Kobi Yamada

Quando conheço, quando ‘sei’ o outro, torno-me consciente, isto é, tenho pleno conhecimento dos seus defeitos e qualidades, e isso vai além dos atributos pessoais, atingindo o território dos valores que esse indivíduo apresenta. Nessa perspectiva, aceito os primeiros e valorizo os segundos, cultivando-os o quanto possível para que cresçam e deem frutos. Contribuo para que aconteçam mudanças e me empenho em aperfeiçoar o que já é positivo na pessoa com quem me relaciono. Detalhe importante: meu envolvimento com esse processo não só beneficia o outro e, indiretamente, a comunidade na qual ele vive, como também contribui, primeiramente, para o meu crescimento pessoal.

Isso é amar, e parece-me que de fato ninguém ama o que não conhece. De outra maneira, o amor se tornaria algo vago, desocupado de sentido, sem plenitude. A propósito, já nos deparamos com pessoas que “amam a humanidade”. Gente que ama a todos, mas não ama ninguém, porque lhe falta um rosto com traços e história. Afinal, o amor só existe quando oferecido a uma pessoa real, concreta, num tempo e lugar determinado. Sem ser plantado na terra que é a vida do outro, ele não se materializa. Talvez isso explique por que insistir em ser tudo para todos é o primeiro passo para terminar sendo nada para ninguém. Num primeiro momento, o discurso pode impressionar, mas logo revela o quanto é capaz de conduzir a lugar nenhum.

Quem deseja amar com um amor eficiente procura antes conhecer. Quem ama se compromete. Sem limite. Se preciso, com a própria vida.


RUBENS MARCHIONI é palestrante, publicitário, jornalista e escritor. Autor de Criatividade e redação, A conquista e Escrita criativa. Da ideia ao texto. [email protected]http://rubensmarchioni.wordpress.com