Fechar
Retrospectiva Contexto 2020

Retrospectiva Contexto 2020

O ano está terminando, mas ainda dá tempo para uma retrospectiva com todos os livros que a Editora Contexto publicou em 2020.

Janeiro

Retrospectiva Contexto | 2020

O que é e para que serve a Semiótica? Nesta obra exemplar, Izidoro Blikstein, grande nome da Linguística brasileira, consegue a proeza de ser claro e profundo ao mostrar ao leitor como a Semiótica pode revelar o que se esconde por trás dos discursos que permeiam nossas vidas.
Partindo das bases teóricas, passando pela apresentação da função das ferramentas de análise, o autor apresenta casos práticos de aplicação da teoria na interpretação de alguns tipos de discurso – de textos literários a obras de artes plásticas e de cinema –, chegando ao exemplo máximo de totalitarismo da história mundial recente: o nazismo.
Livro necessário, sobretudo neste momento em que, no mundo inteiro, nuvens totalitárias ameaçam encobrir e turvar os horizontes da cidadania.


Retrospectiva Contexto | 2020

A escravidão foi abolida no Brasil no século XIX. No entanto, todo ano, pessoas são traficadas, submetidas a condições desumanas de serviço e impedidas de romper a relação com o empregador. Não raro, sofrem ameaças que vão de torturas psicológicas a espancamentos e assassinatos. Entre 1995 e setembro de 2019, mais de 54 mil pessoas foram encontradas em regime de escravidão em fazendas de gado, soja, algodão, café, laranja, batata e cana-de-açúcar, mas também em carvoarias, canteiros de obras, oficinas de costura, bordéis, entre outras unidades produtivas no Brasil. Organizado pelo jornalista e conselheiro da ONU Leonardo Sakamoto, este livro mostra o que é o trabalho escravo contemporâneo, como ele se insere no Brasil e no mundo, o que tem sido feito para erradicá-lo e por que tem sido tão difícil combatê-lo. Uma obra necessária, pois, enquanto qualquer ser humano for vítima de trabalho escravo, a humanidade não será, de fato, livre. 


Retrospectiva Contexto | 2020

“A Alemanha perdeu a guerra por causa de Hitler. O Japão se rendeu por conta das bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki. Churchill era apoiado por todos os britânicos. Rommel foi um grande comandante. A França contribuiu para a vitória dos Aliados. O exército italiano era ruim. Se as armas milagrosas alemãs tivessem ficado prontas, os nazistas teriam vencido a guerra”.

Estes e outros mitos, repetidos como se fossem verdades, são contestados neste livro brilhante, fruto de pesquisas e depoimentos de personagens centrais da Segunda Guerra Mundial. Leitura agradável, surpreendente e reveladora.


Fevereiro

Retrospectiva Contexto | 2020

O polêmico movimento Escola sem Partido começou em 2003 como uma organização informal preocupada com “a contaminação político-ideológica das escolas” e o “abuso da liberdade de ensinar”. O movimento cresceu, ganhou adeptos incondicionais e adversários ferrenhos. Porém, mais importante do que evocar adjetivos apaixonados é ampliar o debate sobre a ética profissional docente: o que professores podem e devem fazer na sala de aula? Como devem compreender o compromisso do currículo escolar com as questões sensíveis do mundo da criança e do jovem e com os valores e ideais seculares de tolerância, respeito e justiça? Neste livro, Ronai Rocha apresenta uma ampla discussão sobre o tema, partindo de seus 40 anos de docência em cursos de formação de professores.


Retrospectiva Contexto | 2020

As guerras existem desde o princípio dos tempos. Mas o que há em comum entre os bravos guerreiros espartanos e os soldados contemporâneos? O que define o Espírito do Guerreiro? Como transportar esse espírito para as batalhas internas que atingem todos nós? Neste livro, o escritor de tantas guerras Steven Pressfield fala de honra, coletividade, bravura, dignidade, abnegação. E, claro, desejo de vitória.

Na próxima semana tem mais 😊