Fechar
Como evitar um novo surto de covid-19?

Como evitar um novo surto de covid-19?

Para evitar um novo surto de covid-19 é necessário aprimorar e distribuir vacinas
Paulo Saldiva comenta o surgimento da variante ômicron e as soluções para enfrentá-la

Como evitar um novo surto de covid-19?

Com a ômicron, uma nova variante do vírus da covid-19, algumas dúvidas sobre a pandemia reaparecem. Depois de quase 21 meses convivendo com o coronavírus, teremos um novo surto em 2022? Para discutir o tema, o professor e colunista Paulo Saldiva menciona o avanço da imunização e a desigualdade na distribuição das vacinas.

“Em partes do mundo, por terem pouca vacinação, o vírus continua se replicando com muita eficiência”, afirma. Nesse contexto, as chances de aparecerem novas variantes são maiores. Segundo Saldiva, a solução envolve abordagens políticas, tecnológicas e diplomáticas.

É necessário desenvolver e aprimorar os imunizantes, além de distribuí-los globalmente para que eles protejam contra todas as variantes. “Nada adianta eu proteger o meu país quando existe a possibilidade de o vírus chegar, dentro do país que já está vacinado, com uma nova variante menos sensível aos anticorpos produzidos pela vacina que eu apliquei.”

Também é importante incorporar a solidariedade e o auxílio mútuo. Saldiva afirma que o desenvolvimento tecnológico e científico deve chegar a todas as pessoas, não só àquelas que podem pagar por esses benefícios.

Para encerrar a última coluna do ano, o professor agradece e pede um presente de Natal: “Eu gostaria de um pacote cheio de esperança e fé de que essa situação vai mudar e que o mundo possa recuperar o brilho do encontro”.

Fonte: Jornal da USP

O professor Paulo Saldiva é autor do livro Vida urbana e saúde

Como evitar um novo surto de covid-19?

Somos um país urbano: 84% da população brasileira concentra-se em cidades e ao menos metade vive em municípios com mais de 100 mil habitantes. Mas a vida urbana não traz apenas novas oportunidades. Ela propicia doenças provocadas por falta de saneamento, picadas de mosquitos, poluição, violência, ritmo frenético… E tudo isso não ocorre mais apenas nas grandes cidades, mas também nas médias e mesmo pequenas, quase sempre negligenciadas pelo poder público e pelos próprios cidadãos. Mas, afinal, o que fazer para ter boa qualidade de vida nas cidades? Assim como o médico deve pensar na saúde dos seus pacientes – e não apenas em tratar determinada doença –, uma cidade saudável é aquela em que seus cidadãos têm boa qualidade de vida. E o médico Paulo Saldiva, pesquisador apaixonado pelo tema, mostra que é possível, sim, melhorar e muito o nosso dia a dia. 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.