Fechar
Blitzkrieg ou Guerra-Relâmpago

Blitzkrieg ou Guerra-Relâmpago

Em 10 de maio de 1940, há exatamente 76 anos, iniciava-se a Guerra-Relâmpago (blitzkrieg) contra os Países Baixos, a Bélgica e o Luxemburgo com uma ofensiva generalizada do exército alemão na frente ocidental.

Perturbada apenas pela questão da Finlândia e pela campanha da Noruega, essa drôle de guerre prossegue durante oito meses, como se os beligerantes, obcecados pelas hecatombes de 1914-1918, recuassem diante da prova decisiva. É só em 10 de maio de 1940 que o conflito, enfim, sai de sua letargia. Ao amanhecer, enquanto a frente da Lorena não está mais animada do que de costume, a Wehrmacht passa à ofensiva oeste, violando a neutralidade da Holanda e da Bélgica. Em alguns dias, ela impõe um ritmo intenso à batalha, a ponto de desconcertar completamente o adversário e de surpreender o próprio comando alemão.

A “guerra-relâmpago” permitiu também à Alemanha dominar quase toda Europa. No entanto, essa táctica começou a mostrar seus limites a partir de 1942. Na realidade, a guerra-relâmpago só era aplicável com êxito em teatros de operação reduzidos e de curta duração.

Para conhecer mais sobre a Segunda-Guerra Mundial recomendamos a leitura desses quatro livros:

Coleção “As Batalhas Russo-Germânicas” – 3 Livros Com 40% de desconto
A Batalha de Moscou
O Cerco de Leningrado
Stalingrado

A Segunda-Guerra Mundial

blog

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.