Fechar
A amiga de Leonardo da Vinci | Antonio Cavanillas de Blas

A amiga de Leonardo da Vinci | Antonio Cavanillas de Blas

O grande gênio da Renascença, Leonardo da Vinci, retratou pouquíssimas mulheres ao longo de sua excelente e impecável carreira. Foram poucas as afortunadas que conseguiram ver sua beleza imortalizada pelo artista incomparável. Entre elas, uma menina de pouco mais de 17 anos, com quem manteve uma relação sincera de amizade durante toda a sua vida. Uma bela, inteligente e educada dama, longe de todos os preconceitos sociais e religiosos, que Da Vinci imortalizou com um animal curioso em seus braços. “Dama com arminho” se tornaria, desde então, uma das obras de arte mais desejadas e contempladas da história.

A amiga de Leonardo da Vinci é um romance histórico excepcional que recupera a biografia de Cecilia Gallerani, a modelo que posou para Leonardo da Vinci na famosa pintura que hoje permanece no Museu Czartoryski, na cidade polonesa de Cracóvia. O rosto de Cecilia é conhecido por todo amante da arte que se preze. Mas poucos sabem como foi a vida da linda modelo, uma dama nascida em Siena que recebeu uma educação humanística primorosa, típica dos tempos da Renascença que começava a surgir na Itália do final do século XV. O romance nos conta a história de uma garota inteligente que conseguiu afirmar sua vontade diante dos planos loucos de seus pais para casá-la com um homem idoso, embora de alta linhagem. Cecilia, graças às suas habilidades como poeta, encantou Ludovico Sforza, chamado “O Mouro”, que não hesitou em convidá-la para fazer parte de sua corte em Milão.

Começa, então, uma história de amor entre dois, que se entregam um ao outro com total devoção. Nada importa para eles, a fofoca ou o casamento de Ludovico com Beatrice d’Este, esposa que escolheram para ele. Desse amor, imoral aos olhos da Igreja, nasceria Cesare Sforza.

Nos poucos anos em que durou a relação entre Ludovico e Cecília, ela também desfrutou da vida alegre na corte, cheia de arte, beleza, música, poesia e rodeada pelos mais altos gênios. Entre eles, um dos maiores, Leonardo da Vinci, que, a pedido de Ludovico, retratou Cecilia em uma pintura que se tornaria imortal. Nos belos braços da dama repousa Bimbo, o arminho que Cecilia conseguira domesticar, para surpresa de todos aqueles que sabiam da natureza selvagem e indomável de tais animais. Mas Cecilia acaricia o bichinho que não queria se separar de sua dona. A genialidade de Da Vinci seria reconhecida para a eternidade.

Cecilia Gallerani, no entanto, terminou seus dias casada com o conde Ludovico Carminati de Brambilla, com quem teve quatro filhos e uma existência tranquila, longe de seu primeiro amor e amante.

Em A amiga de Leonardo da Vinci, além de rever a biografia de uma das damas mais cultas da Renascença, nos aprofundamos nos principais acontecimentos históricos de um momento decisivo para a história da Europa. Desde a sucessão de diferentes papas até guerras de conquista dos principais territórios da Itália. Além disso, o mundo da arte, com a Renascença em todo o seu esplendor, aparece bastante detalhado no romance.

Um amplo elenco de personagens selecionados, todos eles com uma relação direta ou indireta com Cecilia Gallerani, vão desfilando pelas páginas desse belo romance. Os Borgia, os Áustria, os Vesalius, os Sforza, os Visconti; Leonardo da Vinci, Michelangelo, Mantegna, entre outros.

Além de conhecer os fatos narrados em primeira pessoa sobre um dos séculos mais apaixonantes da história, em A amiga de Leonardo da Vinci somos espectadores de luxo do processo de criação de uma das obras mais destacadas de Leonardo da Vinci. Além de descrever como o processo de criação da “Dama com arminho” surgiu e como foi desenvolvido, somos apresentados à história de outras obras famosas, como “Mona Lisa”, “A Virgem dos Rochedos” e “A Última Ceia”, bem como algumas das invenções mais peculiares do gênio italiano.

A amiga de Leonardo da Vinci é um romance relativamente curto, narrado com simplicidade, mas com grande meticulosidade, como se cada palavra fosse uma pincelada da pintura que lhe inspirou. Uma fantástica oportunidade para mergulhar na Itália renascentista, suas paisagens, suas cortes esplêndidas e seus personagens mais destacados.

O autor de A amiga de Leonardo da Vinci é Antonio Cavanillas, médico e escritor. Apaixonado por arte, Cavanillas passou um tempo no norte da Itália para documentar e escrever este belo romance, que recomendo a todos os amantes da arte e da História.


Resenha realizada por Sandra Ferrer, do blog http://palabrasquehablandehistoria.blogspot.com.es/ | Traduzido por Editora Contexto.

A amiga de Leonardo da Vinci

ISBN: 978-85-520-0067-9
Formato; 16 x 23 cm
Peso: 0.348 kg
Acabamento: Brochura
Páginas: 256

http://bit.ly/AmigaVinci