Fechar
5 de janeiro (1919) | Fundação do Partido Nazista
Hitler com membros do Partido Nazista em 1930

5 de janeiro (1919) | Fundação do Partido Nazista

No dia 5 de janeiro fez 100 anos da fundação do Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães, mais conhecido como Partido Nazista. Apesar de ter a palavra “socialismo” em seu nome, o partido não era socialista. Na verdade, a legenda apresentava uma terceira via para a Alemanha, calcada no nacionalismo extremo.

Com a derrota na Primeira Guerra Mundial, a Alemanha teve que assinar o Tratado de Versalhes, em 1919, que foi considerado humilhante pelos alemães. Desta forma, o país perdeu grande parte de seu território, além de sofrer fortes restrições no campo militar. O tratado também proibia o desenvolvimento de uma indústria bélica, a exigência do serviço militar obrigatório e um exército superior a 100 mil homens. Além disso, a Alemanha deveria pagar aos aliados uma indenização pelos danos provocados pelo conflito.

O país ficou arrasado tanto no aspecto político quanto no econômico, entre 1919 e 1933, e foi nesse cenário que o nazismo surgiu e se fortaleceu. Nos primeiros momentos, o grupo era inexpressivo. Reunia inconformados com a derrota alemã e os que não acreditavam no regime republicano.

Em 1923, aproveitando-se da hiperinflação, um antigo cabo do exército alemão, de origem austríaca, Adolf Hitler, e seus correligionários decidiram organizar uma revolta armada na cidade de Munique. No entanto, o golpe nazista fracassou e Hitler foi preso. Durante os oitos meses que ficou na cadeia, ele passou suas ideias para o papel, e assim surgiu o livro “Minha Luta” (“Mein Kampf”), que se transformaria numa espécie de “bíblia” da Alemanha nazista.

A partir da crise econômica mundial em 1929, os nazistas conseguiram espaço político em meio ao descontentamento geral do eleitorado alemão. Hitler se destacava pela oratória. Depois de uma série de manobras políticas, Hitler tornou-se ditador e instaurou o Terceiro Reich. O regime constitucional foi substituído por um regime totalitário. Hitler também iniciou o Holocausto, que massacrou milhares de judeus, ciganos, comunistas e homossexuais.

Após a derrota do Terceiro Reich no final da Segunda Guerra Mundial na Europa, o partido foi “completamente e finalmente abolido e declarado ilegal” pelas potências aliadas de ocupação.


Imagem de capa: Wikipédia – Arquivo Federal Alemão (Bundesarchiv)
Fonte:
Opinião e Notícia